Bandejas, revisteiros, esculturas de parede e outros adornos feitos com o inovador ‘ecomármore´, feito a partir de sacos de cimento, são opções sustentáveis de presentes para este Natal!

Chamada de ‘ecomármore’ pela aparência mesclada após sua secagem e também pela rigidez e resistência, esta nova matéria prima é feita de sacos de cimento! O pesquisador e moveleiro Alexandre Toscano soube do problema do descarte dos sacos de cimento, que não podem ser reciclados, e iniciou as pesquisas que chegaram a este material.

O ecomármore Vem da Serra é composto de sacos de cimento vazios triturados e misturados a aglutinadores vegetais. A massa resultante é versátil e quando seca torna-se uma superfície resistente e duradoura. Ela tem sido usada em várias peças de movelaria, como mesas, bancos e biombos.

Para este Natal, a sugestão é presentear com objetos de decoração e acessórios para a casa da Linha São Pedro lançada este ano. Além de lindas e sustentáveis, são peças únicas, feitas à mão na oficina que funciona em Teresópolis(RJ).

Revisteiro em Ecomármore Vem da Serra

Feito em ecomármore (material inovador a base de sacos de cimento), com estrutura de metalon ou madeira de reflorestamento.

Dimensões (LxAxP):  26 x 48 x 35cm

Preço: R$188,00

revisteiro4

Bandeja em Ecomármore Vem da Serra

Feita em madeira de reflorestamento e ecomármore Vem da Serra (produto a base de sacos de cimento). Desenhos com varetas de madeira ou outros elementos de reaproveitamento de materiais.

Dimensões (LxAxP): 51 x 6 x 37cm

Preço: R$ 261,00

revisteiro

Banco

Assento em Ecomármore Vem da Serra revestido de Pinus e estrutura feita em metalon.

Dimensões (LxAxP):  22 x 45 x 22 cm

Preço: a partir de R$ 342,00

unnamed2

 ONDE ENCONTRAR

Vendas online: www.vemdaserra.com.br

Loja: Estrada Teresópolis-Friburgo, 8000 KM 7,5 – CEP: 25976-440

Bairro Albuquerque – Teresópolis/RJ

(21) 2644-6365

 

unnamed1

 

Sobre Alexandre Toscano

Artista plástico, cineasta e pesquisador, trocou o Rio por Teresópolis há cerca de seis anos. É casado e tem três filhos. Depois de passar anos na indústria do cinema e televisão, ele retomou sua origem na movelaria, uma arte que aprendeu jovem, na família. Alexandre vem desenvolvendo um trabalho de criação em movelaria sustentável, com a missão de “desenvolver decoração e mobiliário para o mundo que queremos”.

 

 

 

 

Informações para imprensa:

Silvia Rossetto

Escrito por Lia Pinheiro em 23.11.16 Morar Bem
Os comentários estão fechados.